09 agosto 2010

Final de semana pedalando e feliz.

Passei mais um final de semana delicioso: pedalei, conheci gente legal e dei muita risada.
Comecei cedo: fui de bike até a USP, onde me encontraria com o pessoal do Olavo Bikers para o passeio de sábado, que sai da frente do prédio de Educação Física. Há muito tempo que não ia por lá e fiquei passada com a quantidade de gente correndo e andando de bicicleta. As pessoas não pareciam estar a passeio, o negócio era treino mesmo. Putz!
A pedalada de 1h45 é feita lá mesmo na cidade universitária, com uma ou outra subida. Éramos somente seis e eu até estranhei porque os passeios do Olavo Bikers costumam ter mais de 100 pessoas aos domingos. Mas foi muito bom estar num grupo pequeno, pois assim pude conversar com todos.Inclusive tive a honra e o prazer de conhecer o próprio Olavo que me explicou sobre o grupo, os passeios, a ajuda ao lar para idosos abandonados e depois me alertou que todo "atleta" deve fazer uma boa hidratação após o exercício físico e me convidou para o programa pós-pedal: bebidinhas e aperitivos no Senzala.
Lá juntaram-se a nós mais alguns ciclistas do grupo e ficamos num animado bate-papo.
Às 15h00 começaria o passeio com pic-nic das Pedalinas e então peguei o caminho de casa para buscar o bolo de cenoura que levaria. Estacionei a bike, subi e desci rapidinho, mas quando voltei à garagem, surpresa: meu pneu da frente estava arriado. Mas será o Benedito?! Resolvi que ia encarar uma troca de câmara, pois não estava nem um pouco a fim de desistir do programão só por causa de um incidente desses. Minha sorte foi encontrar um vizinho gracinha que me ajudou e ainda elogiou minha LadyBike, disse que ela era "politizada", por causa das plaquinhas nas cestas. Depois de trocada a câmara, resolvi que não ia mais no pic-nic, pois o tempo havia passado rápido e eu perdera a saída das Pedalinas. Fui então lá na Freecycle para pegar uma nova câmara reserva e para ver se descobríamos o motivo de tantas "furadas" nos meus pneus. O Ric, dono da loja e sempre muito atencioso, trocou a roda dianteira por uma nova e deixou a minha por lá para ser devidamente inspecionada.
Mas o que fazer com aquele delicioso bolo de cenoura? Resolvi que iria mimar minha amiga Nilza (a tinturista que pinta meus cabelos) e me mandei para o Shopping Iguatemi que, em véspera do Dia dos Pais, estava com uma enorme fila para estacionar. Isso não foi um problema para mim e minha LadyBike, pois passamos ao largo da fila e estacionamos no bicicletário sem demora, nem espera. Eu podia sentir os motoristas bufando de inveja dentro de seus carrões importados. Hehehe.
Chegando ao Studio W, encontrei uma amiga querida que também conheci por lá: a Déia, uma mulher alto astral, brincalhona e muito divertida. Ficamos por lá conversando e comendo bolo de cenoura com a Nilza, enquanto eu dava uma "apagadinha" na minha raiz para que as luzes ficassem ainda mais naturais.
Resolvi dispensar o convite para a noitada e ir cedo para casa a fim de dormir e me preparar para o passeio do Olavo Bikers que sai aos domingos, por volta das 9h30 da Fnac Pinheiros.
O passeio foi muito gostoso. Mais ou menos 23 km pelas ruas de Pinheiros, Santo Amaro e Alto da Boa Vista. Conheci mais gente legal e descolei um "segurança" para me acompanhar até em casa, o Ivson, um verdadeiro gentleman, que ainda por cima sabe todas as boas pedidas para o final de semana. Da próxima vez que nos encontrarmos, ficamos de tomar um sorvete na Frutos do Cerrado, que fica na rua dos Pinheiros.
Um Chardonnay bem geladinho me esperava em casa, bem como uma pilha de revistas para ler. E foi assim que encerrei meu domingo, com saldo mais que positivo, todas as baterias recarregadas para uma semana que, espero, seja de muito trabalho, pedaladas e alegria.
Boa semana para todos!
Beijokas da Fernanda.
Olavo, o homem, o mito, pedala rumo ao Senzala, onde iríamos nos "hidratar".
A LadyBike aguarda enquanto nossa mesa é preparada.
Olavo e sua caipirinha 621. Era esse mesmo o número?
A turminha do Olavo em terapia de hidratação intensiva.
 Minhas belas luvas Knog, meu chopp carioca e meus óculos escuros.
 Na volta para casa, encontrei este adesivo num carro parado na rua Aspicuelta.
 A LadyBike de novo no shopping Iguatemi.
Baita fila de carros para entrar no Shopping Iguatemi, véspera de dia dos pais. 
Lógico que eu não demorei nem 5 minutos para estacionar minha bike. 
Os motoristas se morderam de inveja.
Domingo de manhã, descendo a rua do cemitério rumo à Fnac.
Fui uma das primeiras a chegar: super fominha!
Hora da saída para o passeio.
Subidinha leve porém longa. Dá-lhe pernão!
Pausa rapidinha no farol.
Voltando pela Avenida Dr. Roberto Marinho. Sorrisão.

2 comentários:

Camila Oliveira disse...

Olá Fernanda!
Então quer dizer que além desse sorrisão as Pedalinas ainda perderam um bolo de cenoura???? rs..
Pena você não ter ido, mas logo logo tem mais, dá uma olhadinha no que rolou sábado: http://pedalinas.wordpress.com/

bjs e boas pedaladas por aí!
Camila

Lady Guedes disse...

Oi, Camila!
Vc é aquela que eu encontrei na Dr. Arnaldo a caminho da Bicicletada, né?
Vc viu que azar o meu? Furar o pneu bem na hora de ir para o pic-nic... E, pior, o celular da Aline não atendia para eu saber aonde vcs iam e ver se conseguia chegar depois.
Eu vi as fotos e fiquei morrendo de inveja...
No próximo levo o dobro da quantidade de bolo só para compensar.
Bjks!
:)
Fernanda