23 novembro 2010

Terapia + Costureira + Padaria + Farmácia (e fugindo da chuva!)

Hoje eu estou com preguiça. E cansada. E chateada. E também um pouquinho triste. Mas ao mesmo tempo alegre e esperançosa. Ou seja, estou normal, só que sem muita paciência para escrever... Por isso o post de hoje vai ser na base da foto-legenda, OK?
Beijokas da Fernanda.

"It's show time, folks!" Deixe seus problemas para trás e coloque um sorriso no rosto.
Tudo quase azul: casaco, short e os brincos favoritos dele.
O cidadão tentou me ultrapassar já com o farol fechado. Na impossibilidade de cruzar a rua, parou descaradamente na faixa de pedestres e de lá não saiu até o farol abrir. Os pedestres tiveram que dar a volta por trás do carro para atravessar e ele nem tchuns! Nota zero em educação e gentileza.
Mais uma vez eu fui na sapataria/costureira. Tarefas (eco-chics) de uma dona de casa... Melhor consertar (e reciclar) do que comprar novos. Eu faço a minha parte. ;)
Nova Charmosa, eu te amo. Mas nosso romance está fadado a um triste final se não instalarem paraciclos em seu estacionamento. Estamos numa crise em nossa relação, e isso não é bom...
"Meu destino é pecar!" Saca só a gula da criatura: primeiro o de Chocolate DOC, depois o de Pistache.
"Quem ama cuida". Da mesa, eu observava a LadyBike por uma fresta na janela da adega.
Preparativos para a primeira viagem da LadyBike ao litoral no próximo domingo: sundown spray, rímel à prova d'água e repelente. Básico!
Olha o céu prometendo aquela chuva de verão...
 Ai, minha Santa da Escova Progressiva, protegei-me da chuva!
Gente, desculpe trazer más notícias, mas o ano acabou! Já estão enfeitando a Sumaré pro Natal! Agora, reparem no ciclista (na foto à esquerda) pedalando na faixa das motos... Faz isso não, menino! :-(

3 comentários:

Nino Coutinho disse...

Opa!! Não teve muito texto mas não perdi a parte dos planos da:

primeira viagem da LadyBike ao litoral no próximo domingo

Tomara que faça bom tempo! Aguardamos um tipo de relato inédito!!

Ah, estive em Sampa no começo do mês passado e peguei um busão pra ir lá na Freecycle, e percebi q é normal mesmo o pessoal usar a faixa de moto pra seguir pedalando pela sumaré; era de manhã e tinha mais bike q moto (nem lembro de ter visto motos), vi bikes ótimas e alforjes maravilhosos... Saí da Freecycle de mãos abanando mas conheci o Rodrigo e um mecânico q esqueci o nome q são gentes finíssimas!

Nino Coutinho disse...

ops, quis dizer q vi bikes ótimas e alforjes maravilhosos pedalando pela faixa de motos, mesmo - detesto qndo escrevo coisas meio ambíguas SEM INTENÇÃO rsrsrsrs no mais adoro um duplo sentido, abraços!

Lady Guedes disse...

Pois é, LadyBike está agendada para um passeio pela orla com o pessoal do Pedal da Vila Madalena, vamos ver se rola mesmo. Se rolar, é claro que farei um post especial.
O mecânico da Freecycle é o Tom, muito gente boa!
Mas os ciclistas na faixa das motos... tsc, tsc. Isso não é um bom exemplo e eu fico sempre com o coração apertado ao vê-los passando por ali.
Bjks
F