17 novembro 2010

Diazinho mais chué...

Minha frase da semana é: "melhor curvar-se ao vento do que quebrar". E - quer saber? - eu não poderia ter escolhido outra mais propícia para combinar com o vendaval que varreu minha vidinha nos últimos dias.
Parece que certas coisas acontecem só para que tenhamos a noção do material que nos forma. E eu há muito tempo já sei do que sou feita, pois não fosse eu um bambú, estaria quebrada ao meio agora mesmo.
Depois desta breve introdução... Olá, leitores!
A boa notícia (de ontem) é que meu blog de desenhos, o Sketchbook, está entre os 3 mais votados pelo júri popular do Prêmio Top Blog. Yesssssssss!!! A má notícia é que o Minha Vida Eco-Chic não chegou lá... Mas agradeço a todos os que votaram e, "Pollyannamente" ainda tenho esperanças, pois falta a decisão dos jurados. Então vamos fazer aquela corrente pra frente, figa, vela de sete dias, promessa, galinha preta com farofa amarela na encruzilhada e o que mais for necessário para que eu, esta blogueira dedicada, volte para casa no dia 18 de dezembro com pelo menos uma Scooter debaixo do salto 15. Conto com vocês.
Mas voltando ao presente... diazinho mais sem graça esta quarta-feira. Estou a dois dias do meu aniversário e ainda não vejo sinal de que o Universo vá me surpreender com um presente de última hora... Pelo menos eu tinha uma reunião na Revista View (um dos meus clientes favoritos) o que já me deu motivo suficiente para umas pedaladas e também valeu uma produção caprichada, com direito a pernocas de fora, sandália nova e penacho pra disfarçar o cabelo que não estava lá em um de seus melhores dias...
Antes de voltar para casa, um lanchinho na Pain de France. O lugar é mais bonito e gostoso que os quitutes lá servidos, mas valeu a paradinha para apreciar o jardim, colocar as ideias para girar na caixola e tentar compreender porque insisto em cometer os mesmos erros e ignorar os mesmos sinais. Preciso exorcizar a Pollyanna urgentemente. Alguém aí, me joga um balde de água benta gelada?
Beijokas da Fernanda.

Dia de testar as sandálias novas na LadyBike...
Eu e meu penacho. Coisa de perua, hehehe...
A sandália saindo-se bem no teste. Aqui, ela está paradinha no farol.
Reunião na Revista View. LadyBike me aguarda no portão.
Ai, ai... eu estava me "achando" com esse penacho, tá?
Parada para um lanche na "Pain de France" da Rua Cônego Eugênio Leite.
Engorda-se uns 15 quilos fácil, fácil, só de se olhar para essas gostosuras...
Escolhi o lugar onde tomaria meu cappuccino: perto da árvore.
Na época do Olivier Anquier, o pão de passas era bem melhor!
Amei a xícara bico de jaca. Tão retrô... O Cappuccino estava ótimo.
Pães, croissants, brioches... quanta tentação!
Bela vista. Pena que os fumantes do lado de fora poluíram o meu ar...
Fim de caso: pensando na vida antes de atravessar a avenida.

2 comentários:

Lili Chiurco disse...

Ai ess capuccino dá água na boca!
E a sandália, é confortável mesmo?
Beijos
Lili

Lady Guedes disse...

A sandália é deliciosa!
:)