08 abril 2011

Diário Visual (e Musical) de Terça, Quarta e Quinta.


Nina Simone -- magnífica -- cantando "Feeling Good" para nosso deleite.

A-ha! Estava eu no supermercado quando vi essa caixa que ia ser jogada no lixo. "Ei, moço, posso pegar?", "Ué, pode!". Agora, o que fazer com ela? Aceito sugestões.
Vi de bike: 414, Itália. A mansão que não acabava mais. A casa ocupa quase um quarteirão inteiro...
Vi de bike: Mais à frente, na mesma rua, o contraste com tanta riqueza. São Paulo é assim. Aliás, o Brasil é assim.
Vi a pé: um segurança mau encarado a caminho do Pacembú.
Vi a pé: um monstro com muitas tetas.
Vi a pé: um senhor e seu chapéu de crina de cavalo.
Vi a pé: um sorriso tímido e brincalhão.
Vi a pé: uma azaléia perfeita, irretocável.
Vi a pé: uma casa à espera de sua princesa.
Vi a pé:  um belo jogo de simetria.
Vi a pé: uma, duas, três, quatro... muitas coisas legais.
Vi a pé: uma constatação bem verdadeira. "O tempo voou".
Vi a pé: três cactus gigantes.

Vi a pé: troncos de árvore com belas texturas.
Vi a pé: carpas num laguinho.
Vi a pé: a antena azul do Sumaré num colorido começo de noite.
Na painel, ao invés de uma frase para refletir durante a semana, o cartão generoso recebido de uma grande amiga e artista plástica talentosíssima, Joana Lira: "Lindona! Depois da tempestade vem a bonança, o sucesso, o amor e todas as alegrias. Te desejo as melhores coisas do mundo. Um beijo imenso." Coração feliz a semana toda.
Um privilégio: eu e minha amiga Eliana correndo no Villa-Lobos na manhã de quinta-feira. Sol, bate-papo e 11k. Melhor, impossível!
Quando estiver no parque, entre onde a placa indica "Vá pela sombra". É uma viagem!
Bikes everywhere. Aqui, numa rua da Vila Madalena.
Vi a pé: um pedaço de Copacabana no detalhe de uma casa na minha rua. Há sempre surpresas para quem deseja ver.
Vi a pé: um muro com azulejos azuis.
Vi a pé: numa mesma esquina, Adoniran Barbosa e Carmen Miranda.
Vi a pé: e mais à frente, Bin-Laden... De novo, São Paulo mostra seus contrastes.

Para refletir, uma frase que é pura Nina Simone: 
"I tell you what freedom is to me: no fear!"

Bom final de semana para todos!

5 comentários:

Anônimo disse...

Lady Guedes, minha linda, minhas sugestões para a caixa são:
a- um revisteiro muito criativo
b- um cachepô de suculentas ou ervas aromaticas para a sua varanda ( presumindo que vc tenha uma varanda)
c- um toalheiro para o seu lavabo ( deixando a caixa em pé)
Bjokas!

Anônimo disse...

Olá Lady,

Minha sugestão para a caixa é lixar e passar uma seladora e fixar na bike (talvez seja necessário reforçar com cola as laterais). O formato da caixa é muito bonito. Fica a dica.
Boas pedaladas!
A. Nônimo

Lady Guedes disse...

Anônimo 1:
Boas sugestões, serão devidamente levadas em consideração. Obrigada!
Bjks

A.Nônimo:
Eu já tenho uma caixa para a bike. Ela é bem mais chique que esta nova -- que era de alho -- para carregar vinhos (da famosa marca Quinta do Crasto).
Estou pensando em pegar mais caixas iguais e fazer uma estante para livros no meu quarto.

À propósito, vcs já assistiram o programa "Nos trinques" do GNT? Tem ótimas dicas de design reciclado.

Obrigada e bom fds!

Lili Chiurco disse...

Fe, como agora são 23:45 da noite e acabei de chegar do hovet, não tenho a mínima sombra de criatividade, mas vou pensar e te falo!rs
Parabéns pelos 11km, hein! Como está evoluindo rápido! Fiquei feliz por vc!
Beeijoss

Thais disse...

No blog da Julia Petit de 14/04 tem um post ótimo sobre como usar caixas na decoração!Bjus!