30 outubro 2010

Quero uma lei que proíba chuva nos finais de semana e feriados!

Quem me ajuda a fazer um abaixo-assinado e enviar para São Pedro? Precisamos acabar com essa injustiça! Não pode fazer sol e calor de segunda a sexta e chover no sábado e domingo, ninguém merece.
Eu juro que às 7h30, quando acordei esta manhã, estava fazendo sol. Mas foi só sair de casa rumo à USP para o céu ficar cinza e os bem-te-vis começarem a cantar. Quando cheguei à Praça Panamericana a chuva desceu com tudo. Ainda bem que tinha levado meu sketchbook e minhas canetinhas. Daí foi só encontrar um lugar para tomar um café e esperar pela hora de seguir para "a livraria" me encontrar com o pessoal do Olavo.
Até que tive sorte e, entre uma chuvarada e outra, consegui passar no supermercado antes de voltar para casa. Fui ao Mambo da Lacerda Franco, apesar de ainda estar bastante ressabiada com o roubo da bicicleta da Michelle, leitora do blog, que ocorreu lá na semana retrasada. Quis testar o estabelecimento e ver se eles merecem meu voto de confiança, mas, pelo sim, pelo não, prendi bem a LadyBike no paraciclos e ainda tirei uma foto dela paradinha lá, bem na frente de alguns funcionários do supermercado, caso fosse necessário provar alguma coisa mais tarde.
Felizmente, quando voltei ela estava lá, pronta para carregar os pães, o queijo e o vinho que, como vocês já devem saber, compõe a minha pirâmide alimentar dos finais de semana em que fico sozinha, sem meu filho. A preguiça me impede de cozinhar qualquer coisa. Nem esquentar comida no microondas eu quero. É minha folga, e eu faço o que eu quero e bem entendo. Mais um motivo para achar injusta a chuva que atrapalha minhas pedaladas ou me impede de passar o dia refestelada na piscina. Se isso continuar, vou querer inverter: trabalhar nos finais de semana e pedalar e me divertir durante a semana. Nada mais justo, né?
Beijokas da Fernanda.
O cappuccino estava ótimo, mas o croissant parecia uma pedra.
Desenhando enquanto esperava "os rapazes" no Senzala.
Hoje eu experimentei a caipirinha. Mas não vou repetir!
Precauções extras na hora de parar a LadyBike no Mambo.
Ai, ai, ai se a LadyBike não estivesse lá na volta...
Hello, there! ;P
Ainda bem que as compras chegaram sequinhas em casa. :)

3 comentários:

Ariana Barreto disse...

Amei seu site! Sua bike é linda, parabéns! Bjs

ronik_21 disse...

Olá Fernanda!!Curiosidade: Voce não utiliza nenhuma segurança na tão charmosa ladybike como correntes e cadeados?Ela tem seguro?? Beijo!!!!

Lady Guedes disse...

Ariana, obrigada! Volte sempre.

Ronik, eu tenho uma corrente com cadeado, mas também pretendo comprar uma trava em "U". Além disso, instalei um alarme sonoro, mas seguro não tenho, infelizmente.

:)