10 dezembro 2010

Sexta de relax.

Depois de uma semana agitada e cheia de muito trabalho, a sexta-feira começou bem tranquilinha, dando o tom de relax que o final de semana promete.
Logo cedo fui deixar a LadyBike na Pedal Urbano para fazer uma revisão geral, mas principalmente para ajustar o câmbio que estava dando uns solavancos sempre que eu mudava as marchas.
Saí de lá e fui para a academia. Eu estava mais no pique de me alongar, então nadei só 1500 m. 200 m a menos que o normal mas, ainda assim, nada mal, né?
Almocei filés de Saint Peter com couve mineira e batatinhas (aquelas pequeninas, da Terra do Nunca, sabe?) com alecrim e creme de ricota. De sobremesa, docinhos roubados da festa que rolou ontem aqui no prédio. Hehehe.
Meu único compromisso à tarde era - por favor, não me odeiem, ok? - uma tarde do tipo "spa", que ganhei de presente de aniversário. A clínica fica na rua Bartolomeu de Gusmão, na Vila Mariana. Joguei o endereço no Google Maps e peguei as direções: tem um ônibus que passa na Amália de Noronha, logo depois do Pasquale, meu restaurante favorito aqui da região, e que vai direto pra lá, eu só teria que andar umas duas quadras. Beleza, então! Peguei o 875A-10, sentido Metrô Vila Mariana e lá fui eu, olhando a avenida Paulista pela janela, vendo a decoração de Natal e os ciclistas (loucos!) que pedalavam entre os carros, ziguezagueando como motoboys. Gente, peralá! Que desserviço... Faça isso não, meu amigo! Um só ciclista que faça uma besteira dessas suja a barra de toda uma galera que quer impor respeito no trânsito, dando o exemplo de respeitar também.
Mas enfim, cada cabeça uma sentença. Ou, como li num adesivo de carro: "Deus deu a vida pra cada um cuidar da sua".
Agora, deixa eu contar da massagem... Quando eu cheguei à tal da Clínica Sofistcare, quase saí correndo! A decoração é de uma breguice constrangedora: tudo em tons de lilás, com muitos espelhos e borboletas. Até os guardanapos eram dessa cor que, aliás, eu abomino. Mas, enfim, eu já tinha ido até lá e resolvi que não ia desperdiçar um presente assim, principalmente porque sei que foi dado de coração e por um amigo querido.
Provei para mim mesma ser uma pessoa extremamente ajuizada. E, uau, como valeu a pena não ter girado nos calcanhares e ter dado o fora de lá! Comecei meu "day spa" com exfoliação, hidratação e massagem nos pés; depois drenagem linfática no rosto e, por fim, uma massagem relaxante.
A fisioterapeuta, Mariana, é uma das melhores massagistas que eu já tive o prazer de me entregar. E olha que eu sou exigente! Recomendadíssima. Nota 10.
Voltei para casa super relaxadona e muito escorreguenta (por causa de tanto creme eu deslizava no banco do metrô, hahahahaha). Desci na estação Vila Madalena e fui direto lá na Pedal Urbano para pegar a LadyBike. Depois passei na Premiere Video para alugar uns filmes e por fim, na padaria Letícia para comprar sorvete. É, estou muito mal intencionada para este final de semana... ;)
Beijokas da Fernanda.
LadyBike na Pedal Urbano: revisão no câmbio e banho.
Flores na Av. Heitor Penteado.
Vi esse tronco de árvore e me lembrei desse personagem do filme "Piratas do Caribe".
Na rua Alves Guimarães, pertinho de onde eu nado, essa árvore dava um show...
... com seus lindos cachos de flores amarelas. Alguém sabe o nome?
Encontrei esse carro filósofo parado na Amália de Noronha. Tá certo! Sumemo!
Na Domingos de Moraes, Vila Mariana, uma surpresa: o templo da Ciência da Felilcidade.
Seria a mesma "Cientologia" do Tom Cruise e do John Travolta? Alguém me esclarece?
Depois de pegar a bike revisadinha, hora de me preparar para o final de semana...
...com dois filmes e um pote de sorvete, hehehe. ;)

5 comentários:

Anônimo disse...

Olá Lady.
A cientologia é um sistema de crenças fundado em 1952 pelo autor de ficção cientifica L. Ron Hubbard (1911-1986, nascido em Tilden, Nebraska). A cientologia foi oficializada em 1954. Esta religião baseia-se nos livros de Hubbard Dianética: A Moderna Ciência da Saúde (1950), Dianética: A Evolução da Ciência e Ciência da Sobrevivência. Hubbard considerava a Dianética como uma subdisciplina da Cientologia. Até morrer, em 1986, Hubbard publicou centenas de livros sobre cientologia e apenas alguns sobre Dianética. A doutrina tem influências de outras religiões, como o hinduísmo e o budismo, e de ciências humanas, como a psicologia.
A Happy Science é uma religião universal baseada na fé em El Cantare, que é Buda e Deus unidos, a Grande Consciência do universo. Foi fundada pelo Mestre Ryuho Okawa no Japão em 1986.
A.Nônimo

Lady Guedes disse...

Caro A.Nônimo,
Seus conhecimentos me inundaram de sabedoria.
Melhor que isso, só mesmo a Wikepedia. ;)
Mas ainda me resta uma dúvida e talvez você possa ajudar. Sou uma pessoa de pouca fé, mas adoro dar uma boa risada. Será que na Ciência da Felicidade encontrarei - finalmente - a minha turma?
:)
Fernanda

Anônimo disse...

Olá Lady,

Creio que a sua turma você já encontrou, são os ciclistas...rsrsrsrs. Sou ateu, não saberia te responder essa tão difícil pergunta...rsrsrsrsr. Acho que é melhor pegar o dízimo e investir na bike e fazer ótimas cicloviagens com os amigos, tomar umas "geladas"- sorvetes/cervejas, enfim, ficar nos prazeres concretos e materiais...sou mais pragmático... muitas risadas ...kkkkkkkk

Não me leva a sério...

A.Nônimo

Anônimo disse...

árvore chama cassia imperial.Bxus!

Lady Guedes disse...

Nem eu mesma me levo a sério, A.Nônimo! Acho que já deu para perceber aqui no blog, né?

Obrigada pela dica da árvore.
Bjks
F